Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Lição de Voo

27.12.13

Asas 



corações ao contrário 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Autoria e outros dados (tags, etc)

Há dias em que a transição entre as actividades que ocuparam o dia e o que faço aqui sentado em frente deste monitor, a minha janela para o mundo, ou para os mundos que desejo explorar, os Cântaros vem-me repetidamente à memória, enquanto corto pedra ou transporto lenha, ou limpo o fogão. 

E depois penso no que andei a fazer e penso: só fizeste isso? E olho para um anjo ciclista que fiz e passa-me essa mania que não fiz nada. Fiz sim senhor. Andei bem ocupado até agora em trabalhos braçais, domésticos e outros. E se não fosse isso lá tinha que ter ido a Viseu por causa de uma peça do mini berbequim que recuperei por sorte logo que me pus a arrumar uma tralha que aqui tenho. Tirar cola das peças é que não.Os caixotes movo-os de um lado para o outro, ponho as peças à minha frente. Mas está difícil. 

É apenas preciso começar! O mesmo se passou com a arrumação mais que necessária do barracão.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Confirmados para o Optimus Primavera Sound.


Autoria e outros dados (tags, etc)

A fazer horas

25.12.13
a fazer horas, e as horas decorrem
sem uma inspiração, sem um foco,
dias de chuva/sol e de um tédio
mal explicado, mal resolvido.
[Deve ser do fato domingueiro!]


o caminho longo 
no crepúsculo
lendo as nuvens 
do horizonte
não sei ler nuvens
não sei ler corações

Autoria e outros dados (tags, etc)


Suspenso de um sonho
12:05 Segunda feira, 17 de maio de 2010


Há músicas que são como casas, lares, refúgios, locais de esperança, de partida e de chegada. Suspenso de um sonho, desde sempre, do mesmo, saí acreditando no amanhecer, e regresso à mesma música para me proteger, para acreditar que há ainda aquele pedaço de azul entre as nuvens por onde possa voar. Suspenso de um sonho. Sempre. Inabdicavelmente.



Autoria e outros dados (tags, etc)

A estas horas muitas pessoas devem dormir o sono dos justos, descansando depois de terem andado atarefadas a fazer coisas para nada falte aos seus.

São essas Mães Natalonas que tornam o convívio tão agradável e esta quadra especial. E que se esforçam por fazer o melhor.

E é inútil escamotear que há um fundo de estômago em tudo isto. Nos fritos e nos doces tradicionais. O prato típico não tem nada que se possa apontar em termos de regime.

Ai de mim se me faltam as couves da consoada...


Autoria e outros dados (tags, etc)


~ ~ ~


Autoria e outros dados (tags, etc)


Compareceram todos. Abancaram por aí. E por aqui estão, no sossego da noite, tão sossegada quanto ela, agora que o vento e a chuva pararam.

E nem tudo tem que fazer sentido. A partir de certa altura somos também as nossas memórias. Cruzamos o tempo despreocupadamente, sem fazer caso da chuva, não em busca de algo, mas apenas para o aproveitar de algum modo que faça sentido. 

A sintonizar o lado obscuro com uma lanterna led, ignorando os avisos do sentido prático.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Nihil obstat (3)

24.12.13
Em dois anos consecutivos saí do armário:
Primeiro com a escrita e começou o Pancadaria ao Entardecer, em 2012.

Este ano noutra faceta das minhas habilidades, que tenho vindo a praticar de forma útil durante os últimos anos, sob o nome artístico de Hamlet'i, repescado de escritos de há 25 anos.

Corporizadas as tendências artísticas. Remoída a pintura, os filmes, a literatura, a Vida, surgiu inesperadamente, a bonecada de pedra. Um degrau subi, pensei logo.

Foi preciso ver um boneco feito por um amigo para pensar: eu posso fazer isto! E tenho feito, tenho-me podido dedicar a isso, sem descurar os outros deveres. 

Um blogue é como um animal de estimação, temos que gostar dele, temos que tomar conta dele. Prossigo com este diário on line, sem um rumo definido.


São as pedras que me dizem o que fazer com elas e são as palavras que nascem dos dedos, treinados pela dactilografia profissional, que vão irrompendo a cada dia.

Suspenso de um sonho, apetece citar Ricardo Amaral Dias e o seu Íntima Fracção. O Homem perplexo, ainda assim prossegue.

A orquestra do Titanic toca os seus acordes, com o profissionalismo possível, num navio que se afunda. 

Não sei se os meus sonhos se vão afundar com aquela orquestra. A mim me vale saber que muito do que sou é imaterial também.

Só não sei se não vou encalhar num baixio, e ali fico a remoer recordações e mágoas, enquanto espero que a maré suba de novo.


Não sei se vou estar constipado amanhã. Os adivinhos nada me dizem, os meus pensamentos nada me dizem. E as pedras também nada me dizem. 

Vou mesmo ter que descobrir por mim próprio e os vislumbres são apenas isso, literatura a metro, blocos erráticos de previsões.


Já vos contei que quando desejo que algo não me aconteça, faço por pensar nessa hipótese e fica afastado o perigo daquela previsão. 

Algumas previsões tem sido muito piores do que aquelas que que me ocorreram. A isso pode chamar-se desilusão, e é, mas apenas na exacta medida das expectativas que criei.


(3)
O Nihil obstat ("nada impede") é a aprovação oficial do ponto de vista moral e doutrinário de uma obra que aspira ser publicada, realizada por um censor daIgreja Católica.

A expressão abrevia outra expressão latina maior, Nihil obstat quominus imprimatur, que quer dizer "não existe impedimento para que seja impressa". É uma das três autorizações que podem ser requeridas para que uma obra tenha sua publicação autorizada, juntamente com o Imprimi potest e o Imprimatur.


Propostas musicais da escolha do programa 
O Eterno Regresso.

Autoria e outros dados (tags, etc)