Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Perdes teu tempo ou desta janela de vidro tosco, sem aumentos, todos se continuam a divertir sem preocupações de maior e tu aqui, que os observas suficientemente dissimulado para seres furtivo, nunca poderás conseguir saber se se divertem mesmo ou não. Tu pensas divertir-te. Podem olhar-te como um acessório há muito no mesmo local. Sem surpresas. De surpresas percebes tu. De intuições também, nada de cientifico, de certo, de palpável. És tão miserável que só aproveitas os títulos. Não queres saber do que te dizem.

Autoria e outros dados (tags, etc)