Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Já não é acalentar um sonho. Ter-se desfeito completamente e se ter transformado na mais transcendental materialização. Um sonho que vai pedir todo o tempo e todo o empenho. Um sonho que vou viver com a intensidade natural de quem o esperou tanto tempo. Afinal sonhei o sonho certo antes de o viver, só não fui capaz de lhe dar uma dimensão tão magnífica enquanto sonho, como ele configura enquanto realidade. 

 

A PERSISTÊNCIA DO SONHO

Autoria e outros dados (tags, etc)