Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


O Plano hoje prosseguiu de forma ordeira (até aparecerem aqueles cães vagabundos) e foi possível tirar o casaco e sentir os músculos das pernas a individualizar-se. E comer duas laranjas (das minhas) quando cheguei.

Quando um plano avança outro recua, é assim que se passa também nas placas tectónicas (não é?, não interessa, a comparação agrada-me! Dos planos das placas tectónicas a gladiarem-se no globo terrestre...) 

Claro que não é nada assim e quando chocam as consequências são catastróficas. Foi para estes excessos que que inventaram a literatura. 

Assim o plano de recuperação de colas em excesso, postergado quase para as calendas pela nova disposição de reinventar peças quando necessário, tem necessariamente de recuar para dar espaço ao Plano de caminhadas.

E qual é o outro Plano? 

Autoria e outros dados (tags, etc)