Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


O dia está a ser amargo para muitos Portugueses. E embora para outros esta amargura seja uma espécie de consolação (há pessoas que ficam contentes por tirarem aos outros, em vez de ficarem tristes por não lhes darem).

Ainda devo estar em estado de choque, por isso não me sinto revoltado, especificamente pelo dia de hoje, já ando revoltado com isto há muito tempo.

Durante o dia e após enésimas tentativas, as más noticias explicadas la saltaram de uma janela pop-up. 

Agora dou tratos à cabeça de como contornar isto, que isso que todos vamos ter que fazer... já não insisto na maneira como devíamos fazer. 

É tão fácil ser-se Zandinga neste pais. Todos nós daríamos boas e credíveis alternativas para cortarem. E justas. 

Eu por exemplo pediria desde logo a redução de 250 para 50 deputados...

e se me dedicasse garanto-vos que achava maneira de pôr aqui bastantes alternativas. 

No entanto, a minha voz é apenas um murmúrio inaudível, sem qualquer impacto. E estou apenas no fundo da cadeia alimentar. O que hoje termina (Terminará?) é um nivelamento por baixo de toda a função pública.

Por isso talvez não me consiga sentir revoltado, até porque já ando tão revoltado que não devo poder estar mais. 

Autoria e outros dados (tags, etc)