Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Marlon Brando sabia dançar? Não era uma duplo, no Padrinho, de Coppola? O coronel Kurtz ... de Apocalipse Now ficará sempre como a cara do actor. Não podia ser de outro modo. O que se vê dele é apenas a decadência, «You come to colect the bils», não as atrocidades, as contas da guerra. Ele fora longe demais na liberdade de matar e mandar matar. Kurtz é um criminoso de guerra, sentenciado à revelia, e o capitão Willard ia executar essa sentença secreta. Tão secreta como ele se tinha tornado naquela selva do Cambodja, com aquele exército improvável de indígenas.

Os que mandam matar. Esses são normalmente quem consegue escapar. Não me refiro apenas a crimes de sangue. Refiro-me aos desmandos da história, em que se lançaram seres humanos em todos os tipos de morte. Em todo o tipo de carnificinas que são ensaiadas para divertir poderosos entediados, ansiosos da adrenalina que pipas de massa não dão por si só. 

Para esses não há moldura penal, nem poderia haver atenuantes. Sobretudo se o fizeram por motivos fúteis. Os motivos interessam? Interessa quando camuflam intenções pessoais, caprichos, servilismos, traições. Há sempre uma justificação plausível, mas ninguém acredita nela.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags: