Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


« Sendo a vida essencialmente um estado mental, e tudo, quanto fazemos ou pensamos, válido para nós na proporção em que o pensamento válido, depende de nós a valorização. O sonhador é um emissor de notas, e as notas que emite correm na cidade do seu espírito do mesmo modo que as da realidade Que me importa que o papel moeda da minha alma nunca seja convertível em ouro, se não há ouro na alquimia factícia da vida? Depois de todos nós vem o dilúvio, mas é só depois de todos nós. Melhores e mais felizes, os que, reconhecendo a ficção de tudo, fazem o romance antes que ele lhes seja feito e, como Machiavelli, vestem os trajos para bem em segredo.»

15-05-1930
O Livro do Desassossego
Bernardo Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)