Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Passei aquele tempo a fazer de conta que era o John Wayne ou o Schwarzenegger, para conseguir representar bem aquele papel e lhe dar a verosimilhança da selva. Cindido o véu com os heróis oficiais, a albarda cá continua. Ainda perdurará o tempo que o necessário abrandar do metabolismo conseguir. Uma inscrição num marco da estrada iniciática, revisitada como quimera. São duvidosas até para o narrador, supostamente omnisciente. Terá elevado a piedade a virtude revolucionária?

 

http://pancadariaoanoitecer.blogspot.pt/2014/08/o-segredo-da-opressao.html?view=classic

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.