Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Um directo é sempre uma angustia. Um directo à hora de jantar dum festival ainda é pior. Podiam dar oportunidade à jornalista. Um directo mais tarde, quando a malta estiver mais descontraída, mais à vontade para se expressar, as criancinhas já deitadas. Enfim, a esta hora nem neste festival é expectável que apareça um tipo com mau aspecto, com uma t-shirt preta a dizer oh shit! Not you again! Não num directo de fim de jornal. É pena. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags: