Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


A estrear-me com uma maquineta chamada pirogravador, que pedi emprestado para gravar o nome do cadeirão. Nisto faço mesmo questão. 

Nunca tinha trabalhado com nenhum, sabendo o que realiza. Sendo uma maquineta barata, pode ser que a acrescente às minhas ferramentas. Escuso de fazer assinaturas com a Rebarbadora.

Uma vez que a sua utilidade se pode estender a outras utilizações para decorar as madeiras. Já escrevi Cossery no cadeirão, num local de fácil remoção. Falta Hamlet'í.

Não é tão fácil como pensava. É preferível fazer uso do mesmo quando estiver mais relaxado, ou mais disposto. Há sempre um tempo muito próprio para dominar, quer as ferramentas, quer a técnica que usamos com ela, que nasce do seu uso.

Autoria e outros dados (tags, etc)